We're glad to have you CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING CONSULTING here

We launched our new site and with it a lot of new opportunities. Let's find out!

O Novo Normal

Temos de nos habituar a coexistir com um vírus que está a mudar para sempre a forma de fazer negócios e de trabalhar em equipa. O mundo está a mudar muito, e também a Integer. Todos nós estamos a viver uma época sem precedentes e a forma como trabalhamos, como convivemos, como nos ocupamos mudou completamente. Fomos forçados a adaptar-nos, mas podemos identificar neste contexto uma oportunidade para melhorar processos e assegurar respostas para as mudanças estruturais dos mercados, que podem ser mantidas no pós Covid e dar lugar a novas formas de trabalhar.

Se há algo que é marcante neste momento é uma alteração abrupta naquilo que são os hábitos das pessoas em todas as suas dimensões, na forma como se relacionam, como trabalham, como compram, e satisfazem as suas necessidades do dia-a-dia. As empresas de outsourcing de IT devem estar cientes disso, se quiserem continuar a ser relevantes no mercado.

A nova realidade de trabalho deve ter o foco nas pessoas, no trabalho em equipa, na autonomia, resiliência e criatividade com objetivos claros e quantificáveis associados aos prazos de concretização. Só com o foco nas pessoas, na sua produtividade e em promover um melhor relacionamento e trabalho em equipa, conseguiremos garantir uma alavancagem de diferenciação neste mercado cada vez mais difícil, onde apenas os mais bem preparados sobreviverão. Não descurando a criação de ambientes digitais flexíveis e transparentes para ajudar os colaboradores internos e externos a trabalharem melhor em rede, de forma a permitir um maior equilíbrio entre o trabalho e a vida pessoal.

Somente a soma e a boa sincronização das várias competências permitem o valor agregado necessário para as organizações e as pessoas envolvidas. Por essa razão escolher as pessoas certas para as equipas é um fator crítico. Portanto, devemos reunir uma equipa com diferentes perfis e recursos de trabalho colaborativo para garantir a combinação certa de criatividade e execução.

O recrutamento de uma pessoa deve estar de acordo com o tipo de projeto, organização e cliente. Escolher pessoas apenas pelas competências técnicas será um erro, porque a eventual falta das competências emocionais corretas, suprime o valor acrescentado das técnicas. Temos de trabalhar e recrutar pessoas para formar equipas fortes, com foco na flexibilidade, criatividade, autonomia e execução, bem equilibradas, com líderes que tenham uma visão clara e alta capacidade de relacionamento para aproveitar as oportunidades de negócio que surgirão na nova era.

Olhando para além do futuro imediato, a pandemia antecipará mudanças que já estavam em curso, como o trabalho remoto, a educação à distância ou a procura da sustentabilidade, e irá acelerar a transição da sociedade para novas formas de viver em comunidade. ​Por isso devemos estar atentos aos seguintes conceitos:
VIRTUAL EXPERIENCE ECONOMY – “Economia das Experiências”, que passará a ser virtual e imersiva, em setores como o turismo, retalho e a saúde.
SHOPSTREAMING – A fusão do comércio eletrónico com as transmissões ao vivo, com compras online interativas, experimentais e em tempo real.
VIRTUAL COMPANIONS – O aprimorar das competências das assistentes digitais e chatbots.  O aumento da procura de companhias virtuais personalizadas que nos possam entreter, educar, curar.
AMBIENT WELLNESS – Novos hábitos de higiene, em especial, no cuidado com a desinfeção, vão passar a ser uma das prioridades dos consumidores para viver em ambientes mais saudáveis.
M2P (MENTOR TO PROTÉGÉ) – Com o número de horas que passamos on-line a aumentar com o isolamento, vai nascer a vontade de se usar parte desse tempo de forma mais produtiva, e vamos assistir ao boom de plataformas que nos ligam a professores, especialistas e mentores para adquirirmos novos skills.
A-COMMERCE – A inteligência artificial liga-se ao comércio e vai crescer a procura de interação sem contacto, convergindo com os avanços da robótica. É a chegada de uma nova geração de comércio automatizado.

O mundo mudou a forma como convivemos, como nos ocupamos e como trabalhamos, por isso não podemos perder o foco nas pessoas, na capacidade de resiliência e criatividade, só assim conseguiremos ultrapassar os desafios imposto pela pandemia e pelas temáticas do futuro.

Rúben Santos
Head of Outsourcing Services

Latest Articles

Gerir Talentos em IT

Gerir talento é sinónimo de atrair, desenvolver, motivar e reter pessoas. É um grande desafio para a área de...

Ser líder num mundo VUCA

Ao longo da nossa vida todos nós temos momentos ou contextos em que somos líderes e em que somos...

O Novo Normal

Temos de nos habituar a coexistir com um vírus que está a mudar para sempre a forma de fazer...

Utilizamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Os cookies ajudam-nos a perceber a forma como o nosso website é utilizado. Ao continuar, estás a aceitar a nossa Política de Cookies. Ao continuar, estás a aceitar a nossa Política de Privacidade.